fbpx

ELEIÇÕES MUNICIPAIS: ESCOLHA BEM O SEU CANDIDATO

De antemão, precisamos compreender que as eleições municipais, estão chegando em todas as cidades do território nacional. E com elas, uma legião de candidatos a prefeitos, e uma horda muito maior de candidatos a vereadores. No entanto, o verdadeiro poder, está nas mãos de cada eleitor. Pois durante a sua escolha, estará dando aos candidatos, uma procuração chamada voto, e ira pagar seus salários, por meio das taxas, licenças, tributos, impostos ao candidato, caso ele venha a ser eleito.

Frequentemente, ele ou ela, caso sejam eleitos para o executivo, serão os responsáveis pela administração municipal, e pela gestão do dinheiro público. No entanto, se forem, mandatários de um cargo eletivo ao legislativo, serão responsáveis por criar leis municipais, fiscalizar o poder executivo, e caminhar pelas veredas da cidade, escutando os anseios e necessidades da população.

Assim como se observa, estamos em uma fase em nossa nação, em que muitos membros da sociedade buscam uma verdadeira mudança política no pais, rompendo com as velhas e viciadas praticas e estrutura abusivas contra à sociedade, às liberdades individuais e principalmente contra o amento do patrimônio pessoal as custa do erário publico. E se queremos mudar o Brasil como um todo, precisamos mudar também e principalmente, às bases políticas em nossas cidades. Precisamos exercer o direito ao voto, de forma consciente, madura e responsável.

O embate político-ideológico-partidário nos municípios.

Acima de tudo, hoje se tornou comum se falar muito de uma pretensa “nova política”, e de uma “velha política”. No entanto, observa-se que não se pode ser reducionista nem minimalista, em engessar o conceito apenas em uma dicotomia antagônica, de um mero discurso de “nova política”, e “velha política”.

A final de contas, observamos sim, a prática histórica da “boa política”, e da má política. Mas compreendemos que a presente sociedade observa como “velha política”, a aplicação nos bastidores da vida pública, da pratica conhecida como “toma lá da cá”, e da habito do “é dando, que se recebe”. Sem falar, na pratica abominável do “desvio de dinheiro publico” para bolsos privados, ou até mesmo, o uso da corrupção como ferramenta ou instrumento ideológico de perpetuação no poder. E a dita nova política, seria à vista da sociedade, os que buscam mudanças e rompimento com tais hábitos e praticas da chamada “velha política”, por meio da aplicação do pragmatismo do conceito político filosófico positivista, aliado à tecnocracia. Onde cada pessoa, para exercer um cargo, deve ter as devidas qualificações para o mesmo. E não apenas, transformar a maquina publica em um cabide de empregos para os cabos eleitorais, serem recompensados ao receberem salários, muitas vezes, até mesmo como funcionários fantasmas, improdutivos e dispendiosos.

Voto democrático, porem consciente e responsável

Dessa forma, vote em seu candidato de preferência, mas busque de forma responsável, ética e cidadã, conhecer quem ele é, conhecer sua vida pregressa e seus passado publico. Busque conhecer sua família, suas origens, sua história de vida. Busque conhecer seus atos na sociedade, e suas contribuições em cargos públicos, caso já os tenha ocupado.

De acordo com a historia recente de muitas cidades, mais uma vez os fatos nos mostram de forma irrefutável, que não se faz uma “renovação de verdade”, apenas ao se trocar os “novos rostos de candidatos” e nada mais. Pois não adianta trocar apenas os rostos, se por trás de pretensos “novos candidatos”, estiverem escondidos muito dos velhos e pútridos abutres, e as viciadas e corrompidas raposas imundas com os desprezíveis comportamentos imundos, que a sociedade tanto enoja. SEJA PARA FUTUROS VEREADORES, SEJA ATÉ MESMO, PARA FUTUROS PREFEITOS.

Dessa forma, será que nós eleitores, cidadãos e contribuintes, aprendemos essa lição dessa vez?

Portanto, vá ao portal do TSE e verifique o patrimônio declarado de cada candidato. E observe se bate com a realidade. Pois se ele mente sobre seu patrimônio antes de entrar, Essa ação, pode dizer muito sobre o caráter do candidato.

Como resultado, faca você cidadão, uma consulta às declarações patrimoniais de cada candidato aos cargos eletivos de Guarapari. E exerça sua cidadania. É um direito seu, que pode fazer toda a diferença para o futuro de sua cidade.

PORTAL TSE GUARAPARI: http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/

 

Sobre Marcelo de Medeiros

Articulista no portal Direto Notícias - Todo o conteúdo criado e publicado por mim, é de minha inteira responsabilidade. Artigos de opinião e notícias checadas e publicadas por mim, não expressam necessariamente a opinião do Direto Notícias, ou sua posição.

Veja Também

Travesti Honesto: Existem outros como clodovil

Travesti Honesto: Existem outros como Clodovil?

Travesti Honesto: Existem outros como Clodovil Hernandes no mundo? Ao que tudo indica, a resposta …