Brasil pode adquirir até 159 mil Pistolas Beretta APX

De acordo com noticias divulgadas em fontes nos Estados Unidos e na Itália, a fabrica italiana de armas, “Fabbrica d’Armi Pietro Beretta”, Pode vir a exportar para o Brasil um lote de até 159 .000 cento e cinquenta e nove mil pistolas do modelo “Beretta APX” no calibre 9mm. Uma das mais modernas e confiaveis do mundo. E deve acontecer nos próximos dias, o anuncio oficial por parte da Secretaria Nacional de Segurança Publica uma nota de intenção de aquisições desse material. Onde qualquer força nacional, ou estadual de segurança publica, que tenha o interesse ou a intenção de adquiria a pistola Beretta APX, poderá negociar um numero somado, de até cento e cinquenta e nove mil pistolas, por um preço já acordado, no prazo de até um ano.

Vamos conhecer melhor a Pistola semiautomática Beretta APX. A nova pistola, utiliza uma estrutura de chassi serializada removível, que pode ser facilmente modificada com carcaças de estrutura de punho substituíveis, e é tremendamente simples de desmontar e dar a devida manutenção. E essa facilidade de uso, foi exatamente o principal impulsionador para o desenvolvimento do projeto da Pistola semiautomática Beretta APX.

O design de perfil extremamente baixo e sem saliências da Beretta APX, torna a arma tremendamente fácil de transportar, e sacar do coldre. E é um equipamento tremendamente cômodo para acomodação tanto para o uso por destros quanto para o uso de canhotos. O retém do carregador, que na verdade é o botão de liberação do magazine de munições da pistola Beretta APX, pode ser facilmente revertido. E a estrutura de punho leve e durável emprega uma tecnologia termoplástica de tecnologia tremendamente moderna, por meio do uso de tecnopolímero reforçado com fibra de vidro.

Estrutura do punho da Beretta APX é intercambiável, com correias traseiras também  intercambiáveis. Com uma carcaça de quadro de punho intercambiável e quadro de chassi serializado. Dessa forma vinda a permitir que as carcaças da estrutura do punho sejam trocadas ou personalizadas sem afetar a peça serializada. As alças traseiras são intercambiáveis e estão incluídas em três tamanhos diferentes, permitindo a personalização de acordo com uma maior comodidade e conforto para o atirador. Com uma estrutura em tecnopolímero, as superfícies arredondadas e livres de saliências da pistola, garantem uma inserção e extração do coldre sem os incômodos nem problemas. Já o guarda-mato quadrado, oferece uma superfície de suporte e uma interface de montagem de acessórios. A empunhadura possui descansos de dedo ranhurados para garantir uma pegada segura e firme. Cada controle é alinhado com a estrutura de polímero, mas sempre fácil de alcançar e operar. A pistola vem com um trilho Picatinny padrão (MIL-STD-1913) sob o cano para a montagem conveniente de um dispositivo a laser, lanterna ou outro tipo de acessório. O quadro de punho ergonômico, apresenta um ângulo ideal para uma mira instintiva. A parte superior traseira da empunhadura é curvada e recuada para se ajustar e proteger a mão do atirador. Tanto a frente quanto a traseira da empunhadura apresentam uma  superfície quadriculada confortável para fornecer uma empunhadura sólida. Graças ao novo sistema modular, a pistola se adapta a diferentes tamanhos de mão com tiras traseiras intercambiáveis ​​de  diferentes espessuras e configurações para desempenho individualizado. As pistolas Beretta APX têm um recurso exclusivo que permite ao usuário desativar o mecanismo de ataque interno antes de desmontagem. Isso significa que a pistola pode ser retirada do campo SEM PUXAR O DISPARADOR. A segurança do gatilho impede o gatilho de viajar para trás por inércia no caso da pistola cair. Quando o gatilho é puxado intencionalmente, a segurança do gatilho é instantaneamente desativada. A trava do slide é uma alavanca que mantém o slide aberto após o último tiro. Isso permite ao usuário determinar imediatamente que a pistola não tem um cartucho na câmara ou no carregador. O fecho deslizante do APX é interno, ambidestro e totalmente livre de saliências.

 

CARATERISTICAS BASICAS:

  • Ação: Strike Action
  • Comprimento do cano (pol.): 4,25 Pol, 107,95 mm
  • Calibre 9 mm Parabellum,  S&W 9×19
  • Carregador: 17 Munições
  • Altura total em milímetros:  142 mm
  • Comprimento total em milímetros: 192 mm
  • Largura total em milímetros: 33 mm
  • Raio de visão em milímetros: 160 mm
  • Peso descarregado em gramas: 820 g


Um resumo da Historia da beretta, sinônimo de qualidade e confiabilidade:

A fábrica de armas de fogo italiana Beretta, foi fundada por volta de 1500, quando seu fundador Bartolomeo di Bereti começou a forjar armas encomendados pela República de Veneza. A área do vale do rio Meccia, rico em ferro, tinha uma história na fabricação de armas antes da chegada dos romanos e um monte de peças forjadas e foi em meio a esta época que as primeiras armas foram fabricadas a fogo na Itália. A empresa “Fabbrica d’Armi Pietro Beretta” foi oficialmente inscrita no registo de Brescia por Pietro Beretta Lodovico no ano de 1680. Armeiro de tradição passada de pai para filho durante doze gerações, perpetuando o nome Beretta. Quem levou a empresa a ser um dos líderes no século XX foi o Cavalliere del Lavoro Pietro Beretta , nascido em 1870 e morreu em 1957. que sabia como para adaptar o nível e a qualidade da produção às exigências dos tempos .

Durante as primeiras décadas do século XX a Beretta fabricou diversos armamentos com destino militar, vários modelos de pistolas, sobre tudo as 9mm curtas e 7.65mm Browning, sendo este o último calibre regulamentado pelas FFAA Italianas durante muito tempo. Já nos anos cinquenta, ao termino da Segunda Guerra Mundial, o calibre 9 milímetros Parabellum começou a se mostrar como o padrão europeu, de modo a Beretta decidiu desenvolver uma arma desse calibre para uso militar e policial. O designer foi contratado Tullio Marengoni , que tinha um protótipo em desenvolvimento desde antes da guerra, que usou calibre 9mm Parabellum. A nova arma chamada Beretta 951 , criada inicialmente a partir da liga de alumínio, mas não deu os resultados esperados, então recriada e modelada toda em aço, atingindo a plena produção em 1956. Ela foi rapidamente adotada pelo Exército e a Marinha italiana, Egito, Israel e Nigéria.

O Icônico e eterno clássico ”Modelo 92”:

Nos anos setenta, olhando para conquistar novos mercados fora da área do Mediterrâneo, a pistola Beretta 951 foi modificado pelo designer Vittorio Valle nos aspectos técnicos que foram deixando um pouco datado em comparação com modelos concorrentes. Assim, nasceu em 1975 o novo Beretta 92 , que é prontamente adotado pelas forças armadas italianas e pela polícia, Sendo um modelo clássico até os dia de hoje deixando uma legião de fãs e admiradores, que foi e ainda é utilizada em varias forças armadas, e de segurança publica de vários países. Inclusive sendo fabricada fora da Itália, em países como Estados unidos e Brasil.

Sobre Marcelo de Medeiros

Articulista no portal Direto Notícias - Todo o conteúdo criado e publicado por mim, é de minha inteira responsabilidade. Artigos de opinião e notícias checadas e publicadas por mim, não expressam necessariamente a opinião do Direto Notícias, ou sua posição.

Veja Também

HRtech lança solução para gestão de férias e folgas

A Pontomais, startup líder em gestão de controle de ponto online e soluções de otimização …