Novas tecnologias: Solda para impressão 3D no metal

Os desafios e soluções que chegam para atender a demanda da indústria 4.0…

A redução de investimentos por parte de empresas, não têm impedido a evolução das tecnologias de soldagem para uso em manufatura aditiva, conhecida também como impressão 3D no metal.

Ideal para indústrias que precisam desenvolver peças com maior complexidade metalúrgica, como as do setor automotivo, espacial, eletroeletrônicos, de fundição, entre outras, a manufatura aditiva é um processo de criação de um objeto tridimensional que pode ser aplicado em peças, componentes e ainda na produção de protótipos que necessitam ter leveza em pequena escala.

As mais modernas soluções de soldagem para manufatura aditiva, usadas com sucesso em países mais industrializados, estão desembarcando no Brasil. Conhecida também como impressão 3D em metal, a manufatura aditiva é um processo de criação de um objeto tridimensional, que pode ser aplicado tanto em peças e componentes, cujo design exige maior complexidade ou na possibilidade de criar uma peça só sem a existência de subcomponentes, quanto na produção de protótipos que necessitam ter leveza em pequena escala. O objeto é construído a partir da deposição de finas camadas de material em pó ou arame, que são fundidas por uma fonte de energia.

Apesar do desenvolvimento de empresas que estão indo de encontro ao conceito Indústria 4.0 e/ou Manufatura Avançada estar em um ritmo bastante lento aqui no Brasil, em função da redução de investimentos por parte das empresas, as tecnologias de soldagem para uso em manufatura aditiva têm atingido um grau bem avançado.

Nesse sentido, as tecnologias para impressão 3D em metal, disponíveis no mercado brasileiro, estão adaptadas para a estrutura da indústria 4.0 e atendem uma demanda latente verificada nas empresas que precisam desenvolver peças com maiores complexidades metalúrgicas, como as do setor automotivo, espacial, eletroeletrônicos, de fundição, e, ainda, as áreas de medicina, saúde e educação, entre muitos outros.

Porém, ainda há um longo caminho a se percorrer, já que o segmento envolve produção de máquinas, desenvolvimento de softwares, mão de obra qualificada e insumos mais sofisticados, itens que têm exigido maiores investimentos e pesquisa. Hoje, a tendência tecnológica aponta para ferramentas cada vez mais completas e flexíveis que precisam otimizar o investimento, pois a demanda existe.

Sobre Direto Noticias

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto. https://diretonoticias.com.br - Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes.

Veja Também

Condomínio 4.0: De armário inteligente a mercado autônomo

Condomínio virou sistema operacional. Até pouco tempo atrás, os prédios eram analógicos, hoje são inteligentes. …