Nomad: juros mundo afora

Nomad: juros mundo afora

           Nomad: juros mundo afora
O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) dos EUA manteve, pela quinta vez consecutiva, a taxa básica de juros no intervalo de 5,25% – 5,5% ao ano, na quarta-feira (20). A decisão veio em linha com a expectativa do mercado. O comunicado divulgado após a reunião também não surpreendeu, ressaltando que os próximos movimentos de política monetária dependerão da evolução dos dados econômicos. Indicadores recentes mostram que a atividade econômica permanece aquecida, mas que a inflação vem perdendo força ao longo do ano, apesar de ainda permanecer elevada. No comunicado foi reconhecido que o balanço de riscos sobre inflação e emprego estão se movendo para um melhor equilíbrio, mas as autoridades precisam de mais confiança de que a inflação está convergindo para a meta antes de dar início ao ciclo de corte de juros.

Possibilidades de ajustes no ritmo de cortes da Selic

Também na quarta-feira,  o Comitê de Política Monetária (COPOM) do Brasil optou, pela sexta vez consecutiva, por reduzir a taxa Selic em 0,5 ponto porcentual, chegando a 10,75% ao ano. No comunicado, foi destacado que o cenário base não se alterou substancialmente, mas que houve aumento de incertezas. Diferente das últimas reuniões, foi mencionado que o Copom acredita ser apropriado que o ritmo de redução da Taxa Selic permaneça na próxima reunião (no singular). Desde que iniciou o ciclo de redução na Selic, o comunicado trazia que o Copom acreditava ser adequado manter o ritmo nas próximas reuniões (no plural). A mudança do plural para o singular sinaliza uma necessidade de maior flexibilidade na continuidade da condução do ciclo de cortes da taxa de juros.

Juros pelo mundo

O Banco do Japão (BoJ) abandonou, na terça-feira (19), sua política de taxas de juro negativas, decidindo pelo seu primeiro aumento em 17 anos, levando as taxas de juro de curto prazo para o intervalo entre zero e 0,1%. Já na China e na Inglaterra houve manutenção nas taxas de juros (3,45% e 5,25% ao ano, respectivamente).

Curiosidade
Já parou pra pensar no mar de oportunidades que o investimento no exterior pode oferecer?

Danilo, economista-chefe da Nomad, compartilha algumas dicas essenciais para você começar sua jornada e escolher os melhores investimentos globais para a sua carteira. Prepare-se para diversificar, planejar e colher os frutos do mercado internacional.

Vem por aí…

Nomad: juros mundo afora

fonte: Nomad

Compartilhe essa publicação, clicando nos botões abaixo:

Sobre Redação

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto | https://diretonoticias.com.br | Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes:

Veja Também

NovaDAX: Inovação, Segurança e Acessibilidade na Plataforma de Negociação Cripto

NovaDAX: Inovação, Segurança e Acessibilidade na Plataforma de Negociação Cripto

A NovaDAX, uma das exchanges mais reconhecidas do Brasil, está constantemente investindo em melhorias na sua …