Guia: Cidadania Portuguesa Através do Casamento

Guia: Cidadania Portuguesa Através do Casamento

Em 2022, observou-se uma diminuição na concessão de cidadania portuguesa a estrangeiros. No entanto, de acordo com o Instituto dos Registos e do Notariado, a segunda forma mais comum de adquirir a cidadania foi através do casamento com um cidadão português por mais de três anos. Este método viu um aumento de 7,4% em relação ao ano anterior, totalizando 4933 casos.

Acima de tudo, se você é cônjuge de uma pessoa portuguesa, pode estar se perguntando sobre as possibilidades que a cidadania portuguesa pode abrir para você, especialmente se você tem filhos. Neste artigo, vamos explorar o processo de obtenção da cidadania portuguesa através do casamento e como uma assessoria especializada pode facilitar o processo.

O que significa a cidadania portuguesa por casamento?

Patricia Valentim, uma administradora de empresas com MBA em marketing e diretora executiva da CV Assessoria Internacional, explica que a cidadania portuguesa por casamento é a aquisição da nacionalidade portuguesa através do casamento com um cidadão português. Este é um processo de aquisição, ao contrário da atribuição de nacionalidade por laços consanguíneos. Segundo a legislação, estrangeiros casados há mais de três anos com um cidadão português têm direito à cidadania portuguesa por casamento, desde que cumpram certos requisitos.

Comparação com outros países

Em primeiro lugar, o processo de obtenção de cidadania através do casamento varia de país para país. Na Espanha, por exemplo, o casamento com um cidadão europeu pode facilitar o processo de obtenção da nacionalidade por residência, reduzindo o tempo necessário para tal. Na Itália, não é necessário que o cônjuge estrangeiro resida no país para adquirir a cidadania. Em vez disso, é necessário estar casado com um cidadão italiano por um período mínimo de três anos após este ter obtido a cidadania.

Restrições e Requisitos

Existem algumas restrições gerais a serem consideradas, como não ter sido condenado por determinados crimes ou estar envolvido em atividades relacionadas ao terrorismo. Além disso, a obtenção da cidadania portuguesa por casamento envolve uma série de requisitos jurídicos. Portanto, documentais que podem ser complexos para quem não está familiarizado com o processo.

Como uma assessoria pode ajudar

Em resumo, uma boa assessoria pode fornecer orientação especializada, garantindo que cada etapa seja concluída de forma correta e eficiente. Patricia destaca, que em comparação com outros países europeus, o procedimento em Portugal costuma ser mais acessível. Ou seja, direto, graças à legislação de imigração mais flexível e aos procedimentos menos burocráticos.

Sobre Patricia Valentim e a CV Assessoria Internacional

Por fim, Patricia Valentim é uma administradora de empresas com MBA em Marketing pela FGV/SP e tem mais de 25 anos de experiência nos mercados financeiro, administrativo e de gestão de negócios no Brasil. Ela é fundadora e diretora executiva da CV Assessoria Internacional, uma empresa especializada em imigração, nacionalidade e negócios internacionais. Para obter mais informações, visite o site da CV.

Compartilhe essa publicação, clicando nos botões abaixo:

Sobre Redação

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto | https://diretonoticias.com.br | Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes:

Veja Também

Porto Vitória x Rio Branco

Porto Vitória vence o Rio Branco por 3 a 1

  O Direto Notícias estava presente no Kleber Andrade, Cariacica, este sábado (18) para cobrir …