Linguagem Neutra: Ideologia de Gênero e Militância partidária de esquerda em Guarapari

Linguagem Neutra: Ideologia de gênero e Militância partidária de esquerda. Assim está sendo preparada a semana da juventude em Guarapari/ES.

Após a repercussão negativa gerada na população pela divulgação da prefeitura de Guarapari (por meio online e impresso), de um formulário contendo questões sobre gênero, nossa redação foi informada por pais e leitores que o evento possuía uma página oficial em uma rede social, na qual é divulgado mais detalhes e informações sobre o evento e sua estrutura.

Em uma das postagens é possível constatar a utilização de vários erros ortográficos que atualmente são chamados de “linguagem neutra” como desculpa para incluir pessoas de todas as orientações sexuais, mesmo sem existir nenhuma previsão na língua portuguesa para isso.

Em outras postagens é possível ver a presença de lideranças municipais, de legendas partidárias como PT e PSB (partidos da esquerda), sem contar a presença de 3 vereadores do município.

Nossa redação foi contactada por um membro da SETAC, secretaria responsável pelo evento, porém depois de 20 minutos em ligação a pessoa não autorizou a divulgação da conversa, ficando assim sem nenhuma posição oficial dos organizadores.

Pode-se notar ainda o empenho na divulgação do evento, seja por meio virtual ou impresso: Unidades de saúde da cidade e do interior, repartições públicas e ambientes comerciais, vem recebendo cartazes do evento. Isso em meio a uma pandemia.

Segue abaixo o perfil do evento na rede social e o link para o formulário:

https://instagram.com/juventudesdeguarapari?utm_medium=copy_link

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf9Ws7U0kKTw9j7hWJJYW54FD5E7Il5E0JHBXL_E6fGPHjGOg/formResponse

Sobre Carlos Bruschi

Filósofo Licenciado Pós Graduado em Direitos Humanos e Política Étnico-Raciais.

Veja Também

O Conto de Tchekhov

O Conto de Tchekhov: 2 Milhões por 15 anos de prisão

O Conto de Tchekhov fala da história do banqueiro, que desafiou um jovem a ficar …