Delivery é aposta de marcas para aumentar vendas

         Na Calçados Bibi de Vila Velha, no Espírito Santo, por exemplo, as vendas pela modalidade representam 15% do total de vendas
As entregas em domicílio tiveram uma alta demanda nos últimos anos. O delivery não foi somente opção para o setor de Food Service. O Varejo também enxergou uma oportunidade de manter o faturamento das vendas das operações, levando o produto até a casa do cliente de modo exclusivo. Este é o caso da Calçados Bibi de Vila Velha, no estado do Espírito Santo. Mesmo com a normalização do fluxo de pessoas no Praia da Costa Shopping, o delivery é responsável por 15% do total de vendas da loja.

Segunda franqueada de toda a rede de franquias da Calçados Bibi, que conta com mais de 150 operações situadas em solo brasileiro e em países da América Latina, a empresária Marilusa Pontini, de 68 anos, aponta que o serviço ainda é requisitado por consumidores que priorizam a praticidade de receber os produtos em casa. Segundo a executiva, que possui quase 30 anos de experiência no segmento calçadista multimarca, o delivery é uma alternativa que implementa o faturamento da operação, já que a cada compra realizada o cliente adquire pelo menos dois pares de calçados.

“Durante os anos de 2020 e 2021, o delivery, sem dúvida, foi a opção mais buscada pelos clientes que consomem os produtos Bibi. Como somos conhecidos na região por conta da força da marca e nosso histórico de 14 anos, os consumidores se sentiram confortáveis em, ao invés de esperar poder voltar a frequentar os shoppings, realizar compras via WhatsApp, se mantendo atualizado das novidades trazidas pela marca. Hoje, o serviço se tornou parte do negócio e é essencial tanto para os papais e mamães que buscam comodidade, quanto para a operação”, revela Pontini.

A Bibi, que está no mercado há 73 anos, está na vanguarda de projetos de transformação digital, tendo nos últimos anos implantado diversas opções para auxiliar nas vendas e trazer o cliente para dentro de loja sem a necessidade de sair de casa. Uma delas é o Bibi em Casa, iniciativa que traz a facilidade de o cliente escolher os produtos desejados e experimentar no conforto da própria residência, tudo por meio de contato pelo WhatsApp, indicando os calçados que mais deseja e recebendo na sua residência uma mala personalizada contendo os itens escolhidos.

“Com as ações que se apoiam no uso de tecnologia, a Bibi consegue sair na frente no que tange a praticidade, conforto e bem-estar dos clientes. Dessa forma, atendemos desde aqueles consumidores que preferem ir até a loja experimentar e escolher os calçados dos filhos, quanto aquele que prefere a acessibilidade de receber tudo em casa. Sendo assim, apostamos em diferentes caminhos para levar os produtos da marca até o cliente. Mesmo com a retomada de fluxo de pessoas em shopping centers, enxergamos que as iniciativas são importantes para oferecer alterativas de compras diferenciadas alinhadas aos novos hábitos de consumo do varejo brasileiro”, finaliza a presidente do grupo, Andrea Kohlrausch.

Sobre a Calçados Bibi

Promover o desenvolvimento natural e saudável para o público de 0 a 9 anos é uma das premissas básicas da Calçados Bibi. A marca é pioneira e líder em desenvolver produtos a partir de pesquisas e estudos científicos. Conquistou reconhecimento do setor a partir do desenvolvimento dos calçados atóxicos, fisiológicos e da tecnologia da exclusiva palmilha Fisioflex Bibi, que proporciona a sensação de andar descalço. Com o propósito de fazer o bem para gerar boas lembranças, a Bibi, fundada em 1949 e referência no mercado de calçados infantis, visa o incentivo às práticas sustentáveis, o estímulo ao desenvolvimento saudável das gerações futuras, e o cumprimento das suas responsabilidades sociais para a construção de um mundo melhor. Com fábricas em Parobé (RS) e em Cruz das Almas (BA), produz mais de 2 milhões de pares ao ano. Presente em mais de 70 países nos cinco continentes, no Brasil está em mais de 3.500 mil pontos de venda multimarcas, além do e-commerce e de uma rede de franquias com mais de 150 lojas. A empresa é a primeira calçadista certificada pelo Selo Diamante de Sustentabilidade, que atesta o compromisso com as iniciativas nos processos industriais, bem como o desenvolvimento de ações em sintonia com os pilares estabelecidos pelo programa de Origem Sustentável: Ambiental, Econômico e Social.

 

fonte: DFREIRE Comunicação e Negócios

Compartilhe essa publicação, clicando nos botões abaixo:

Sobre Redação

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto | https://diretonoticias.com.br | Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes:

Veja Também

Bitcoin encerra primeiro semestre com valorização de 44% em dólar

Bitcoin encerra primeiro semestre com valorização de 44% em dólar

O bitcoin foi um dos ativos com melhor desempenho no primeiro semestre de 2024. Até …