ONG ligada a Marina Silva recebeu R$ 35 milhões do Fundo Amazônia e gastou 80% com consultorias e viagens

ONG ligada a Marina Silva recebeu R$ 35 milhões do Fundo Amazônia e gastou 80% com consultorias e viagens

O Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), uma ONG associada à ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, recebeu um total de R$ 35 milhões do Fundo Amazônia em 2022. Deste valor, aproximadamente R$ 24 milhões foram destinados a consultorias e viagens. A Alemanha e a Noruega são os principais doadores deste fundo.

A ministra Marina Silva atua como conselheira honorária no Ipam, de acordo com o diretor-executivo da organização, André Guimarães. Ele prestou depoimento à CPI das ONGs, que investiga o terceiro setor.

A CPI levanta questionamentos sobre a atuação da ministra, suspeitando que ela dá preferência às ONGs ao facilitar a distribuição de recursos do Fundo Amazônia para essas organizações. Marina também faz parte do Comitê Orientador do Fundo, conforme a comissão.

Durante o depoimento à CPI, o relator Marcio Bittar (União Brasil-AC) afirmou que a relação entre as ONGs e membros do governo Lula, como Marina, é considerada “promíscua”.

fonte: OESTE

Compartilhe essa publicação, clicando nos botões abaixo:

Sobre Redação

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto | https://diretonoticias.com.br | Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes:

Veja Também

Milei convida Bolsonaro para a posse e deixa Lula de lado

Milei convida Bolsonaro para a posse e deixa Lula de lado

O recém eleito presidente da Argentina continua a surpreender a todos. Após deixar claro que …