Milei convida Bolsonaro para a posse e deixa Lula de lado

Milei convida Bolsonaro para a posse e deixa Lula de lado

                Sem medo algum de “cancelamento” internacional, Milei dá um recado ao mundo

O recém eleito presidente da Argentina continua a surpreender a todos. Após deixar claro que não convidará Maduro, agora é vez de Lula. A América Latina voltou a ter cojones.

Em seu blog do UOL, o esquerdista Josias escreveu:

“Um pedaço da diplomacia brasileira apostava que Javier Milei seria pragmático nas suas relações com o Brasil. Embora não endossassem a aposta, escorada na sinalização feita nos bastidores por assessores de Milei ao Itamaraty, pelo menos dois ministros brasileiros, um deles com gabinete no Planalto, torciam para que o presidente eleito da Argentina trocasse a retórica inflamada por gestos práticos que atenuassem os ataques que fez a Lula durante a campanha.” Deu-se o oposto.

Milei decepcionou os apostadores do Itamaraty e irritou os torcedores do governo ao participar nesta segunda-feira de uma videochamada com Bolsonaro e seu filho Eduardo. Na noite da véspera, Lula reconhecera a legitimidade da vitória de Milei. Numa postagem nas redes sociais, desejou “boa sorte e êxito ao novo governo“. Sem mencionar o nome do vitorioso, realçou que “o Brasil sempre estará à disposição para trabalhar junto com nossos irmãos argentinos“. Esperava uma reação amistosa de Milei. Recebeu uma cotovelada.

Ao convidar Bolsonaro para sua posse, obtendo dele resposta positiva, Milei como que desconvidou Lula, a quem chamou durante a campanha de “corrupto” e “comunista“, com “vocação totalitária“. Assessor internacional da Presidência, o embaixador Celso Amorim praticamente descartou a ida de Lula a Buenos Aires no dia 10 de dezembro. O governo brasileiro enviará um representante.”

A força da personalidade é algo contagiante entre os homens virtuosos e motivo de histeria nos medíocres. Todo canalha covarde odeia uma pessoa determinada e firme em seus propósitos. É isso o que incomoda essa imprensa cínica. Ao chamar Lula de comunista, Milei só reforça o que disse o próprio Lula no encontro do Foro de São Paulo que ocorreu em Brasília. Ao chamar Lula de corrupto, Milei só repete as sentenças de condenação que levou o convicto líder comunista brasileiro à cadeia.

Se por um lado Bolsonaro “ensinou” a Milei que é possível vencer a esquerda, Milei está dando uma lição ao Bolsonaro: seja o mesmo Bolsonaro de 2018 e pare de dar ouvidos aos burocratas militares que te pediram “compostura”, jogue a liturgia do cargo no lixo e seja autêntico, seja intrépido e grite para o mundo que a mentalidade revolucionária precisa ser erradicada.

fonte: Terça Livre

Compartilhe essa publicação, clicando nos botões abaixo:

Sobre Redação

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto | https://diretonoticias.com.br | Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes:

Veja Também

Dia Nacional da Consciência Negra: Um Feriado Petista

Dia Nacional da Consciência Negra: Um Feriado Petista

Hoje é o Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro no Brasil. …