Por que a imigração é a espinha dorsal dos EUA?

Por que a imigração é a espinha dorsal dos EUA?

                      A imigração tem sido uma força vital para os Estados Unidos, fornecendo mão de obra qualificada, impulsionando a inovação, alimentando o empreendedorismo e sustentando a sociedade americana

Os EUA são conhecidos como uma nação construída por imigrantes. O Centro para Estudos Imigratórios (CIS) revelou que o número de imigrantes nos EUA, legais ou ilegais, atingiu um recorde de 47,9 milhões em setembro de 2022. Este fluxo migratório continua a ter um impacto significativo na economia, cultura e sociedade do país.

A regra do Jus Soli e a necessidade de imigrantes

Gustavo Rene Nicolau, advogado com mestrado e doutorado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e mestrado em Direito pela Universidade de Chicago, explica que os EUA sempre precisaram de imigrantes para compor sua sociedade. A regra do Jus Soli, que concede cidadania a qualquer pessoa nascida no país, é um reflexo disso.

Nicolau, licenciado nos EUA e no Brasil, é uma autoridade jurídica em imigração e sócio da empresa Green Card US, um dos principais escritórios de imigração que já ajudou milhares de pessoas. Ele destaca que o crescimento econômico dos EUA, especialmente após a Segunda Guerra Mundial, absorveu toda a mão de obra local, e essa tendência continua até hoje.

A necessidade de mão de obra qualificada

Acima de tudo, com uma economia de 24 trilhões de dólares, os EUA precisam de uma grande quantidade de mão de obra qualificada. Portanto, menos de 30% dos americanos concluem a faculdade, o que leva à conclusão de que a única solução é importar mão de obra. Isso explica por que a imigração de pessoas qualificadas tem sido uma constante há mais de 100 anos, independentemente de quem esteja no poder.

Imigração: um pilar do crescimento econômico

Em suma, a imigração é um elemento-chave na economia americana. Isto é: estima-se que 5,2 milhões de imigrantes entrarão legalmente na força de trabalho dos EUA na próxima década, gerando um aumento de 2% no PIB e um incremento de 7 trilhões de dólares na economia.

As áreas de STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática) são as que mais precisam de profissionais imigrantes. Esses setores dependem fortemente da imigração para se desenvolver e prosperar. Grandes nomes da indústria são, de fato, imigrantes.

A verdade sobre a imigração e o emprego

Em primeiro lugar, a ideia de que a imigração tira empregos dos americanos é simplista. Primeiro, não faltam empregos. Faltam trabalhadores. Segundo, um profissional qualificado de alto nível gera empregos abaixo dele, atraindo novos negócios, impostos, taxas, circulação de mercadorias, capital e mais trabalho. O ciclo é virtuoso.

Sobre a Green Card US

Em conclusão, a Green Card US é uma empresa baseada nos EUA que oferece soluções confiáveis para brasileiros que sonham em obter o Green Card. E além disso, advogados licenciados no Brasil e nos EUA orientam e acompanham todo o processo de entrada legal para trabalho nos EUA. Gustavo Nicolau, fundador da Green Card US, é Ph.D. pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e mestre em direito pela Universidade de Chicago. Ele é coautor de mais de trinta livros jurídicos e autor de oito livros de Direito Civil e Direito Constitucional. Para mais informações, visite o site da Green Card US.

Compartilhe essa publicação, clicando nos botões abaixo:

Sobre Redação

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto | https://diretonoticias.com.br | Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes:

Veja Também

Porto Vitória x Rio Branco

Porto Vitória vence o Rio Branco por 3 a 1

  O Direto Notícias estava presente no Kleber Andrade, Cariacica, este sábado (18) para cobrir …