Parquímetros geram polêmica em Guarapari


De acordo com uma parcela da população, moradores, trabalhadores, prestadores de serviços e usuários dos estacionamentos na Praia do Morro, a quantidade de parquímetro que por enquanto está sendo sendo colocada na Praia do Morro, por volta de aproximadamente dez, já estaria gerando uma especulação de prováveis incômodos na população, que segundo alegam serão os grandes e maiores usuários durante o ano todo. não apenas na alta temporada.

Os moradores e trabalhadores das imediações, seriam os usuários que durante todo o ano estariam a fazer uso do estacionamento rotativo, e não apenas os turistas. e segundo alguns moradores e trabalhadores da região, a quantidade de parquímetros(por volta de 10 por enquanto), parece não ser uma quantidade segundo especulam. necessária para atender devidamente a população. Segundo alguns dos moradores, um fator ser observado, seria a grande distância entre um parquímetro e outro, que segundo a população, seria muito grande. Portanto, levando aos usuários do serviço de estacionamento, à um desgaste grande para andar bastante até o parquímetro, e depois voltar até onde se teria estacionado o carro, para colocar o tíquete de estacionamento em local visível no para brisas.

Parte da população, principalmente os moradores do local e trabalhadores da região, alegam que a prefeitura e a empresa prestadora do serviço, deveriam ter como prioridade, a colocação mais parquímetros, no intuito de facilitar a vida não apenas dos turistas, e dos usuários da praia, mas principalmente, para facilitar o acesso dos moradores e das pessoas que trabalham diariamente próximos ao comércio, onde serão instalados os estacionamentos rotativos. O que faz muito sentido, e realmente seria uma postura de bom senso.

Outra grande polêmica que está sendo questionada pela população, são os preços, que segundo os futuros usuários, serão mais caros que outras localidade do estado, como em vitória por exemplo. De acordo com parte da população, que serão sem duvida, os maiores usuária o ano todo alegam, o preço por hora, “está muito salgado”, estaria  muito caro por hora.

Sendo:

Preços para carros:

30 minutos R$ 01,00.
Uma hora R$ 02,00.
Duas horas R$ 03,00.
Três horas R$ 04,00.
Quatro horas R$ 05,00.

Motos 30 minutos:

30 minutos R$0,50.
Uma hora R$ 01,00.
Duas horas R$ 02,00.
Três horas R$ 03,00.
Quatro horas R$ 04,00.


Muitos integrantes da população, também alegam que pedem para ter um maior conhecimento do acordo feito entre a empresa prestadora de serviço, e a administração municipal. Para conhecer exatamente, o que teria sido acordado com transparência, e principalmente para terem acesos as informações de quais seriam as contrapartidas de retorno para a comunidade, que o serviço estacionamento rotativo irá proporcionar para a sociedade de Guarapari.

A população quer saber também, se devido ao fato de pagarem pelo estacionamento uma quantia tão substancial, terão algum tipo de seguro, contra furtos, roubos, danos e acidentes.

Uma coisa é inegável, um dos maiores benefícios que o estacionamento rotativo trará, será diminuir consideravelmente o número de veículos rodando na cidade, pois muitas pessoas não estão dispostas a pagar tanto e tão caro, para que seus carros permaneçam estacionados durante os períodos em que estarão trabalhando, tanto no comercio, quanto na prestação de serviços. Assim como também, muitos não estariam dispostos a pagar para estacionar em frente, ou nas proximidades de uma loja ou prestadoras de serviços para fazer compras, ou transações comerciais rápidas.

Sem dúvida alguma, o estacionamento rotativo tarar um benefício de diminuir o número de veículos andando em nossa cidade, e isso atuará para melhorar consideravelmente a mobilidade urbana de Guarapari. No entanto, as pessoas que moram perto do estacionamento rotativo e precisam que seus carros fiquem nas ruas por não terem vagas em seus apartamentos ou casas, também alegam gostariam se serem olhadas com mais carinho, respeito e atenção, portanto alegam que elas deveriam ter uma licença na prefeitura, para que seus carros e/ou motos, possam estacionar sem precisar pagar. Pois como se sabe, muitas pessoas não tem garagens nos seus apartamentos não apenas no centro, mas também na Praia do Morro. Assim como, muitas pessoas que também trabalham nas lojas, imobiliárias, etc… que ficam nas imediações do estacionamento rotativo também alegam que gostariam dessa atenção especial . Portanto, segundo espoem, ficaria muito caro para elas trabalhar e morar nas localidade, tornando a situação algo muito dispendioso para seus orçamentos.

Para tanto, muitas pessoas já fazem sugestões, de se disponibilizar a aplicação de um adesivo cadastrado e registrado na prefeitura, para moradores das imediações. Que não podem ser tratados com turistas.


Seja como for, esta é uma novela que está apenas começando. A boa parte da população de Guarapari aguarda ansiosamente por maiores informações, entre o que foi acordado entre o poder público e a empresa que prestará esse serviço na cidade. Buscando também, que a empresa Instale mais parquímetros, para que os usuários, e principalmente os idosos, e até mesmo usuários mais jovens, não precisem se deslocar tanto do seu local onde estacionaram, em busca de um parquímetro, e ainda, terem que voltar no carro para colocar o tíquete.

Aguardamos maiores informações, assim como os devidos carinhos especiais, principalmente para com os moradores, assim como os trabalhadores das regiões a serem atendidas por tão relevante serviço.

Sobre Marcelo de Medeiros

Articulista no portal Direto Notícias - Todo o conteúdo criado e publicado por mim, é de minha inteira responsabilidade. Artigos de opinião e notícias checadas e publicadas por mim, não expressam necessariamente a opinião do Direto Notícias, ou sua posição.

Veja Também

Companhia aérea revela beliches

Companhia aérea revela beliches para passageiros da classe econômica

Dormir no avião deve ficar mais acessível, mas é em beliche. A Air New Zealand …