PARABÉNS E FELIZ ANIVERSÁRIO, “CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA”

De antemão, é salutar recordar que essa semana a Constituição Federal de 1988 completou 32 anos, muito embora o dia da Constituição seja celebrado no dia 25 de março, porque nessa data, em 1824, foi outorgada a primeira Constituição do Brasil. No entanto, a atual constituição vigente, foi promulgada no dia 5 de outubro de 1988 sob a presidência de Ulysses Guimarães (1916-1992), na época o Presidente da assembleia nacional constituinte.

POREM, O QUE TEMOS MESMO A COMEMORAR EM SEU ANIVERSARIO?

Frequentemente no Brasil dos últimos após a referia Constituição, ficou meio difícil de negar que caminhávamos para uma “ditadura do proletariado disfarçada de democracia”, onde uma parte comprometida de uma mídia militante tendenciosa nitidamente vinha, e alguns ainda vêm, tentando controlar a opinião publica, às vezes até mentindo, distorcendo e manipulando a opinião, muitas vezes no ímpeto de agir deturpando muitas noticias, apenas no inegável intuito de servir à políticos comprometidos com determinadas agendas político ideológico partidárias. E por meio desse pretenso controle de massa, atuam para levá-los ao poder, os mantendo, de forma hegemônica e perene. (e a verdade é, que se assim não for, nem circula, nem também “tão pouco dá o lucro que querem”).

Assim como se observa, há também algo que incomoda muito a população, pelo fato de muitas vezes, varias leis não serem cumpridas por muitos políticos. Muito menos esses mesmos políticos responderem por seus delitos e crimes contra o povo. Assim como se tem uma tremenda sensação de impunidade para com alguns políticos corruptos, que tem muitas vezes parceria com criminosos, traficantes etc, etc … Com tais atos sendo alegadamente em nome da perpetuação no poder. De forma que se dá a impressão para a sociedade por meio da impunidade aos políticos condenados que são soltos no Brasil, que hoje em dia, os “maus” tem muito mais direitos que os “bons”, numa “INVERSÃO OFICIAL DE VALORES” em nome de causas ideológicas ou perpetuação no poder. Sem falar, no fato de muitas vezes, se colocar a corrupção, como uma espécie de “paisagem imutável”, e que alguns desonestos intelectuais, tentam colocar na mente das massas, como algo que deveria ser aceita e tolerada. Desde que, venha da facção política, que queria mandar ad perpetuam no governo seguindo determinadas agendas de cunho ideológico.

Acima de tudo, se observava que nos últimos anos, estávamos perdendo a cada dia, as nossas liberdade individuais, de forma paulatina e homeopática. Pois hoje em dia, tudo estão tentado transforma quase tudo em uma espécie de “CRIME DE OPINIÃO” para calar o povo. E calar principalmente o principio do contraditório político, e censura de forma disfarçada aos divergentes ideológicos.

A final de contas observa-se que infelizmente, seria uma triste vergonha, que a chamada “CONSTITUIÇÃO CIDADÔ esteja virando apenas lindas palavras escritas, ou meras palavras soltas ao vento.

Como resultado, há hoje os que alegam que no Brasil se observa que existem dois pesos e duas medidas, onde se poderia incriminar os inocente e se inocentar os culpados, apenas e meramente, de acordo com os interesses de determinados grupos políticos ideológicos partidários.

Sobre Marcelo de Medeiros

Articulista no portal Direto Notícias - Todo o conteúdo criado e publicado por mim, é de minha inteira responsabilidade. Artigos de opinião e notícias checadas e publicadas por mim, não expressam necessariamente a opinião do Direto Notícias, ou sua posição.

Veja Também

Fiúza fala sobre URNAS ELETRONICAS

Fiúza fala sobre URN4S Eletrônicas

Fiúza fala sobre URN4S Eletrônicas e parece não incomodar o ministro Alexandre de Moraes. O …