Operação integrada detém quatro homens em Aracruz

“Suspeitos” planejavam realizar crimes contra a vida, para assumir o tráfico de drogas no município capixaba.

A Delegacia Regional de Aracruz, em operação integrada com policiais militares do 5º Batalhão, realizou, na manhã dessa quinta-feira (09), o cumprimento de dez mandados de busca e apreensão no bairro Barra do Riacho, em Aracruz. Durante a operação, quatro homens foram detidos e drogas e armas foram apreendidas.

A operação teve início quando os policiais receberam informações de que um grupo criminoso estava no bairro e planejava realizar crimes contra a vida para assumir o tráfico de drogas do bairro Segato, no mesmo município.

“Com essas informações, nós atuamos junto com a Polícia Militar de maneira integrada e organizamos uma operação policial para prender os indivíduos, bem como apreender objetos ilícitos”, conta o titular da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Aracruz, delegado André Jaretta.

Durante as diligências, os policiais localizaram um homem de 21 anos próximo a um posto de combustível entrando em uma pousada. Ao ser questionado, ele informou que seus amigos estavam hospedados no local e que ele ia ficar em um quarto. Já na porta do imóvel, os policiais olharam pela janela e viram um revólver em um guarda-roupa que estava aberto.

Diante do flagrante delito, os policiais entraram no local e localizaram dois suspeitos de 23 e 25 anos, além de dois revólveres calibre 38, 108 munições do mesmo calibre, 100 munições calibre 380, 23 pedras de crack, 19 buchas de maconha grandes, uma balança de precisão, quatro celulares e 250 reais em espécie. Neste instante, o homem de 21 anos, tentou fugir da detenção, desacatou as equipes, mas foi contido.

Em outro ponto do bairro, os policiais entraram em uma residência, apreenderam um pedaço de maconha e detiveram um homem. Os quatros suspeitos foram encaminhados à Delegacia Regional de Aracruz, onde os homens de 23 e 25 anos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo. Eles serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Aracruz.

Já o indivíduo de 21 anos assinou um termo circunstanciado (TC) por desacato e, o outro suspeito, assinou um termo circunstanciado (TC) por posse de drogas para uso próprio. Eles foram liberados após assumirem o compromisso de comparecer em juízo.

 

fonte: PC – ES

Sobre Direto Noticias

Portal Direto Noticias - Imparcial, Transparente e Direto. https://diretonoticias.com.br - Notícias de Guarapari, ES e Brasil. Ative as notificações ao entrar e torne-se um seguidor. Caso prefira receber notícias por email, inscreva-se em nossa Newsletter, ou em nossas redes.

Veja Também

Documento apresenta parâmetro para que gestores levem Internet adequada às escolas públicas

Qual a velocidade de banda larga ideal para garantir a realização de atividades pedagógicas nas …